sábado, 31 de dezembro de 2011

Um Bom 2012!


Para 2012, desejo, sobretudo, mais justiça, mais igualdade e mais democracia... para tod@s!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Mais uma "boa" treta!

Aqui está mais uma publicidade (desta vez da ZON) que que nos transporta para o século passado!
Após tanto trabalhos feitos sobre género, des/igualdade, discriminação, sexismo, objectificação dos corpos, etc.... tunga, continuamos a ser presenteadas/os com tretas destas ... para não dizer outra coisa!

Ideias de presentes de Natal!

Se ainda não comprou todos os presentes de Natal e se já não tem ideias, sugiro a Agenda Feminista 2012.

Eu já comprei!

Custa apenas 5€ e está disponível no Centro de Documentação e Arquivo Feminista .

Envio por correio: encomendas para umar.sede@sapo.pt (+ portes de envio)

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Campanha Nacional Contra a Violência Doméstica 2011

No âmbito do IV Plano Nacional Contra a Violência Doméstica, a CIG, Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, lançou esta campanha no passado dia 25 de Novembro - Dia Internacional para Eliminação da Violência Contra as Mulheres. Tem como objectivos informar, educar e sensibilizar a sociedade para este problema.

Nestes casos, não tenha esperança! Ligue: 800 202 144 ou 800 202 148



Se pretendem saber mais sobre esta campanha, vão à seguinte página do Facebook Contra a Violência Doméstica e "gostem". Na mesma página, também podem ter acesso a um questionário que vos ajuda a perceber melhor se vivem uma relação violenta.

Fiquemos mais atentas/os e vigilantes!

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Acção: Parem com esta merda!


Inserida na campanha internacional "16 Dias de Activismo pela Eliminação da Violência de Género",
esta acção da GATA desafia todas as pessoas a espalharem esta mensagem.

A ideia é que a imagem possa ser usada como sticker e colada em diversos locais – em particular nas portas dos W
Cs para homens, em espaços públicos. Usem as imagens ou os pdfs (aqui e aqui).

Gravem-nas, publiquem-nas, partilhem-nas, imprimam-nas e distribuam-nas livremente – a ideia é chegar o mais longe possível!